sábado, 23 de abril de 2016

TAG LITERÁRIA: BELCHIOR (ORIGINAL)

Quem me conhece ou convive comigo, ou ainda, quem me acompanha nas redes sociais sabe do meu encantamento e admiração pelo cantor e compositor Belchior, um dos grandes nomes da música brasileira. 

E foi inspirado em suas canções que eu criei essa TAG, que consiste em relacionar algum livro a uma música do grande Belchior. 

Vamos lá...


1) Saia do meu caminho: Um livro que fala da solidão ou que tenha um personagem solitário.

Trecho: "Saia do meu caminho, eu prefiro andar sozinho, deixem que eu decido a minha vida..."

A solidão dos números primos - Paolo Giordano

*** ~***
2) Apenas um rapaz latino americano: Um livro com protagonista homem (de preferência Latino-Americano).

Trecho: "Eu sou apenas um rapaz Latino-Americano, sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo do interior..."

Lavoura Arcaica - Raduan Nassar

*** ~***
3) Como nossos pais: Um livro em que os pais tenham um papel importante ou sejam os protagonistas da história.

Trecho: "Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo o que fizemos, ainda somos os mesmos
e vivemos como os nossos pais..."

Hibisco Roxo - Chimamanda Ngozi Adichie
*** ~***
4) Velha roupa colorida: Um livro com uma capa bonita, estilosa.

Trecho: "No presente a mente, o corpo é diferente e o passado é uma roupa que não nos serve mais..."

Antes do Baile Verde - Lygia Fagundes Telles
*** ~***
5) Medo de avião: Um livro sobre viagens ou que tenha uma viagem importante na trama.

Trecho: "Foi por medo de avião que eu segurei pela primeira vez a tua mão..."

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista - Jennifer E. Smith
*** ~***
6) Coração Selvagem: Um livro cujo personagem não se encaixe no mundo em que vive, ou seja inconformado com a realidade.

Trecho: Meu bem, o mundo inteiro está naquela estrada ali em frente, tome um refrigerante, coma um cachorro-quente. Sim, já é outra viagem e o meu coração selvagem tem essa pressa de viver..."

Americanah - Chimamanda Ngozi Adichie
*** ~***
7) Divina Comédia Humana: Um livro que te fez refletir sobre a vida ou que provoca reflexões.

Trecho: "Eu quero gozar no seu céu, pode ser no seu inferno, viver a divina comédia humana onde nada é eterno..."

Uma aprendizagem ou O livro dos prazeres - Clarice Lispector 
*** ~***
8) Alucinação: Um livro que te levou pra outro universo, que te fez viajar.

Trecho: "A minha alucinação é suportar o dia-a-dia, e meu delírio é a experiência com coisas reais..."

A confissão da Leoa - Mia Couto
*** ~***
9) Lindamente brasileira - Um livro de um(a) autor(a) brasileiro(a).

Trecho: "Eu não vou querer, o amor somente é tão banal.Busco a paixão fundamental, edípica e vulgar, de inventar meu próprio ser..."

O quinze - Rachel de Queiroz
*** ~***
10) Todo sujo de batom: Um livro que tenha uma bonita história de amor.

Trecho: "Quero a sessão de cinema das cinco pra beijar a menina e levar a saudade na camisa toda suja de batom..."

Todo Dia - David Levithan
*** ~***
Bom, espero que tenham gostado. Se quiserem responder a TAG ficarei extremamente feliz e honrado, só não se esqueçam de dar os devidos créditos.

Um beijo.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

TAG LITERÁRIA: ANOS 90



Quem criou essa TAG foi o Rodrigo Bisoni, do canal literário Estante Cheia. A TAG  consiste em relacionar um livro ou autor a uma categoria que nos remeta aos gloriosos "anos 90".

Quem quiser ver o vídeo do Rodrigo, tá aqui o link: TAG Anos 90 - Canal Estante Cheia

E abaixo estão as perguntas e minhas respectivas respostas:

MTV: Um livro que você já releu várias vezes: O Tigre na sombra - Lya Luft
Foi o primeiro livro da autora que li e me apaixonei completamente. 

Boybands: "Queria ser amigo dos personages desse livro": As vantagens de ser invisível - Stephen Chbosky;
Queria muito ser amigo do Charlie e da Sam.

Game Boy: Um livro simples. divertido que você não conseguiu largar: Extraordinário - R.J. Palacio
Que livro lindo, meu Deus!!!

Arquivo X: Um livro cheio de mistérios: A confissão da Leoa - Mia Couto
Um dos melhores livros que já li na vida. Um dos meus favoritos de todos os tempos. Mas também poderia citar o Lavoura Arcaica, do Raduan Nassar, que é uma coisa fenomenal. 

Titanic: Um livro que acabou virando um desastre: A peculiar tristeza guardada num bolo de limão - Aimee Bender
Comprei pelo título, que a princípio me atraiu muito, mas achei o livro massante, repetitivo, bobo. Acabei abandonando a leitura.

Tamagotchi: Um livro que você amou como se fosse seu filho: Hibisco Roxo - Chimamanda Ngozi Adichie
Uma das minhas melhores surpresas literárias dos últimos anos. Aliás, tudo dessa autora. 

Tazos: Um autor de quem você quer colecionar todos os livros: Lygia Fagundes Telles
Na minha humilde opinião, a maior escritora brasileira de todos os tempos. A minha escritora favorita da vida é a Adélia Prado, mas já tenho todos os livros dela. E embora eu ame a Adélia com todas as minhas forças, reconheço toda a grandiosidade literária da Lygia. 

Super Nintendo: Um livro que foi como um chefão de video-game: O morro dos ventos uivantes - Emily Brontë
Achei a leitura muito difícil e a diagramação do meu livro não colaborou, pois tinha uma letra minúscula. Por fim, acabai abandonando, mas pretendo terminar algum dia. 

*** ~***

Espero que vocês tenham gostado das minhas respostas. Se quiserem responder, fiquem à vontade. Se forem postar em algum blog ou página, não se esqueçam de dar os devidos créditos ao criador da TAG, Rodrigo Bisoni, do Canal Estante Cheia.

Um abraço. 

"Conhece-te a ti mesmo"


O aforismo "Conhece-te a ti mesmo" está inscrito na entrada do templo de Delfos, 
construído em honra a Apolo, o deus grego do sol, da beleza e da harmonia.


                                   Imagem: © Ben Zank

Buscando a harmonia de ser quem sou.
Não sem medo, mas com muita força de vontade. 

Um dia chego lá.