domingo, 5 de fevereiro de 2012

Anjo Amigo

Tem anjo por aí virando gente
Perdendo as asas e a aureola
Mas com o mesmo cuidado
E a dedicação costumeira
Cuidam e protegem de graça
Pelo simples gosto de cuidar
Usam disfarces e máscaras
Não querem reconhecimento
E nem pedem recompensa
Até cobram, mas o preço é justo
Um abraço forte e um sorriso sincero
E de quando em vez um obrigado
Esta é a paga que exigem
Descobri um anjo desses
Rondando pelo meu caminho
E tratei logo de prendê-lo
Não o pus numa gaiola
Mas guardei no coração
E vez ou outra vou vê-lo
Na esperança de eu também
Ser-lhe anjo, retribuir
O nome dele: Amigo

(Wendel Valadares - em homenagem ao meu amigo Maicon, pela ocasião do seu aniversário)

Um comentário:

  1. Feliz aniversário Maicon, que Deus fortaleça nossa amizade cada vez mais...

    ResponderExcluir